6 erros na gestão de varejo para evitar agora!

Tempo de leitura: 4 minutos

Fazer a gestão de varejo, principalmente em supermercados, onde a movimentação de produtos e clientes é grande, requer uma dedicação acima da média por parte dos gestores. A responsabilidade de ter que se envolver diariamente nas diversas áreas da loja pode acarretar em falhas que, por muitas vezes, os administradores nem percebem ou não dão o devido valor. É aí que mora o perigo, pois tais erros podem ter um impacto enorme nos negócios.

Neste post, apontaremos os 6 erros mais prejudiciais à gestão de varejo e como eles afetam o crescimento da sua loja. Continue acompanhando!

1 – Não fazer pesquisa de mercado

As pesquisas de mercado são ferramentas necessárias a qualquer empresa para entender melhor o seu nicho de atuação, coletar informações estratégicas e transformá-las em ações para atingir seus objetivos de negócio.

O principal impacto negativo em relação a sua gestão é torná-la menos inteligente. Se há menos embasamento técnico e estratégico para as suas decisões, então qualquer medida tomada corre o risco de não surtir o efeito desejado. Imagine inserir uma nova linha de produtos em suas gôndolas sem saber se há uma boa intenção de compras sobre eles.

2 – Definir metas iguais para diferentes lojas

Se você possui uma rede de lojas, é natural que cada uma delas tenha suas próprias particularidades, assim como as regiões onde elas estão localizadas. O ponto de destaque aqui está ligado ao potencial de consumo que cada filial possui, pois são consumidores diferentes e com poderes aquisitivos diversos.

Pode até dar mais trabalho, mas para ter uma gestão de varejo com menos falhas, é recomendável optar por um sistema de definição de metas mais descentralizado. Para isso, deve-se considerar o histórico de vendas e os estudos acerca dos consumidores de cada região em que sua loja está inserida.

3 – Ignorar as ações promocionais

Seus consumidores precisam de estímulos para comprar — os seus produtos, por si sós, não se vendem. Por isso, as promoções são fundamentais para aumentar o fluxo de clientes nas lojas e as vendas. Deixar de investir em marketing é abrir mão de gerar valor para o público.

Você pode promover ações de merchandising, experimentação, distribuição de brindes e outras técnicas para atrair mais consumidores ao seu supermercado e incentivar o consumo dos seus produtos.

4 – Não estabelecer métricas

Não trabalhar com métricas é como não ter referências para saber se o desempenho das suas lojas tem sido satisfatório ou não. Indicadores como ticket médio, taxa de conversão e custo de aquisição de clientes são fundamentais para identificar se os resultados estão no caminho de atingir os objetivos principais de negócio. Além disso, são muito úteis para corrigir estratégias que estejam prejudicando as vendas.

5 – Não monitorar os clientes

Esse erro segue a linha do tópico anterior. Nesse caso, trata-se de entender como os clientes se comportam dentro dos seus estabelecimentos. Procure identificar, ao menos, os horários de maior fluxo de consumidores e as categorias de produtos mais procuradas.

Coletar essas informações é importante para criar ações mais assertivas com o público. É o caso, por exemplo, de uma loja que coloca mais atendentes de caixa nos horários com maior movimentação.

6 – Gerir o estoque sem planejamento

Ao deixar de planejar a movimentação de estoque você assume o risco de ter problemas com excesso ou falta de produtos. Por isso, é importante fazer planejamento em longo prazo, considerando, principalmente, as sazonalidades e períodos nos quais as vendas costumam subir. Use o monitoramento de clientes para identificar quais mercadorias possuem mais saídas. De certa forma, isso já ajudará a ter uma gestão de estoque mais inteligente.

Os maiores erros de gestão de varejo estão ligados ao quanto você conhece o seu mercado e, principalmente, os hábitos dos seus clientes. Todas essas falhas podem ser evitadas com a coleta de informações que contribuam para a tomada de decisões mais seguras e que contribuam com o crescimento do negócio. Os segredos, nesse caso, estão em pesquisar, entender o seu próprio negócio e construir uma base de conhecimento necessária para aumentar as vendas em suas lojas.

Após conhecer os principais erros na gestão de varejo, você acredita que a administração da sua loja será mais produtiva? Deixe a sua opinião nos comentários!