Por que a segmentação de público-alvo é tão importante?

Tempo de leitura: 3 minutos

Para ter sucessos nas vendas, pautar-se na estratégia de acessar o máximo número de pessoas possível não é mais suficiente. A tarefa de um bom varejista é atingir a pessoa certa, aquela que vai se sensibilizar com a experiência oferecida ou desejar o produto ofertado. 

Isso é possível com a segmentação de público-alvo, um conceito fundamental para quem quer posicionar corretamente a marca no mercado e ter sucesso no desenvolvimento de estratégias de marketing.

Veja, no post de hoje, a importância em segmentar seu público e como isso vai contribuir para o sucesso de sua empresa. Acompanhe!

Afinal, o que é segmentação de público-alvo?

Segmentação de público-alvo é o estudo dos grupos de consumidores que apresentam interesse nos produtos ou serviços de um determinado setor. Baseado nas interações pelas redes sociais ou no comportamento na hora da compra, trata-se de responder como cada grupo de clientes interage com a loja e com os bens, o que deseja, com que frequência compra, quais são suas dúvidas e críticas e como o empreendedor pode acessá-lo de uma maneira mais agradável e efetiva.

Não significa que todos os clientes devem ou querem ser tratados da mesma maneira. Ao contrário, o cuidado em personalizar a atenção aos consumidores é importante. Mas a segmentação de público-alvo parte da premissa de que existem perfis teóricos específicos de clientes, as chamadas personas, que podem ajudar os varejistas a se orientarem na hora de assumir uma posição no mercado. 

Quais são as vantagens da segmentação de público-alvo?

Esta é uma estratégia fundamental para desenvolver uma política de vendas eficiente, independentemente do foco comercial de seu negócio. Vejamos o que ela pode trazer de benefícios ao empreendedor:

1. Calibrar o poder de atração a um dado público

Ao descobrir para quem você está efetivamente falando (e vendendo), é possível formatar um discurso mais persuasivo e atraente, destacando elementos que efetivamente atrairão a atenção do seu público-alvo.

Com menos esforço e sem jogar o trabalho da equipe de marketing fora reiteradas vezes, você falará ao coração e à mente de seus clientes atuais e dos novos que se encaixem naqueles perfis, o que diminuirá o esforço para trazê-los para seu ponto de venda.

2. Aumentar a conversão de vendas

Resultado óbvio de uma comunicação bem-feita e do conhecimento dos anseios e desejos da clientela, a tendência é que a segmentação de público-alvo provoque um aumento da conversão de vendas no varejo. Clientes que encontram respostas para suas questões na loja comprarão sem pestanejar.

3. Traçar estratégias mais eficientes para o negócio

Ao conhecer o perfil dos clientes, o empresário é capaz de fazer escolhas mais racionais sobre em quais estratégias comerciais investir e até mesmo compreender quem são seus concorrentes, obtendo vantagem comercial sobre eles. Tudo isso trará resultados significativos para a rentabilidade do negócio. 

4. Melhorar a oferta de produtos e preços

Decodificar o público-alvo significa ser capaz de definir quais produtos vender de maneira focada a satisfazer aquele perfil de consumidor. Trata-se de resolver os problemas do cliente. O mesmo vale para preços e condições de pagamento. Clientes satisfeitos compram mais.

A segmentação de público-alvo é um passo fundamental para qualquer empreendedor que pretenda ter uma jornada competitiva no mercado.

Para estar sempre atualizado sobre as melhores técnicas de abordagem do cliente, as tendências do varejo e o que há de mais moderno no marketing, não deixe de curtir nossa página no Facebook!